SETI

Prime

Idealizado pela Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), o Programa de Propriedade Intelectual com Foco no Mercado (Prime) visa estimular a produtização do resultado de pesquisas acadêmicas com potencial de mercado, para contribuir com o desenvolvimento econômico e social do Estado do Paraná.

O programa se baseia em capacitação e qualificação de empreendedores, por meio de workshops, consultorias individuais, mentorias coletivas, elevator pitch (versão resumida do discurso de venda, utilizado por empreendedores com informações sobre mercado e descrição de produto ou serviço) e demo day (evento de apresentação de startups e negócios para o mercado, parceiros e investidores).

Na primeira etapa, serão realizados quatro workshops com os seguintes temas: Validação; Desenvolvimento de Produto; Modelagem Financeira; e Captação e Pitch. Nessa fase, os empreendedores inscritos também contarão com uma mentoria coletiva sobre Propriedade Intelectual, que abordará questões jurídicas e operacionais.

A segunda etapa será exclusiva para 20 empreendedores com projetos que detenham Patente de Invenção (PI), depositada ou concedida pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi). Esse público terá mais quatro workshops, abordando questões comerciais e jurídicas. Nessa fase, haverá ainda duas consultorias individuais, além de acesso a um ambiente virtual de aprendizagem (AVA).

Para mais informações acesse: bit.ly/3QAOsln

 

Restec

O Programa de Residência Técnica (Restec) do Estado do Paraná consiste em uma iniciativa inovadora, coordenado pela Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), por meio da Coordenadoria de Ensino Superior (CES), e desenvolvido em parceria com as Universidades Estaduais do Paraná e os órgãos e autarquias da Administração Direta do Poder Executivo do Estado do Paraná.

Instituído pela Lei nº 20.086 de 18/12/2019, o programa tem como objetivos:

  • Fomentar o aprimoramento profissional de egressos recém-formados em Cursos de Graduação por meio da oferta de um programa de Residência Técnica que incorpora um Curso de Pós-Graduação (lato sensu) e atividades teórico-práticas realizadas em um órgão da administração direta ou autárquica do Estado do Paraná;
  • Qualificar os servidores e trabalhadores públicos estaduais de diferentes áreas para um conhecimento especializado;
  • Atender demandas em diferentes áreas do setor público.

Os cursos vinculados ao Programa de Residência Técnica são gratuitos para os servidores e trabalhadores públicos estaduais, bem como para os residentes técnicos. Os residentes também recebem bolsa-auxílio no valor mensal de R$ 1.900, pelo período de até 24 meses.

Para mais informações acesse: bit.ly/3bgxxV3